Como o hip-hop ajudou Will Smith a superar medo de fazer o Gênio de "Aladdin"

Publicado em 27/05/19 10:00

"Este é meu primeiro filme da Disney. Tem algo nessas histórias que ainda choca aquela criança que vive dentro de mim", disse Will Smith em uma entrevsita coletiva realizada para divulgar "Aladdin". Mesmo com uma carreira consolidada, o ator de 50 teve suas dúvidas na hora de aceitar o papel do Gênio da Lâmpada no live-action inspirada na clássica animação de 1992.

Smith nunca escondeu que tinha medo de interpretar o personagem, cuja voz na animação era de Robin Williams.

"Tem algo na maneira que estas histórias foram escritas que nos fazem sorrir e aproveitar o momento", explicou o ator. "Eu definitivamente estava com medo. O que Robin Williams fez com esse personagem não deixou muito espaço para acrescentar coisas ao gênio. Eu tinha muito medo", continuou.

Demorou, mas Will Smith conseguiu pegar o embalo do gênio. "Quando comecei a deixar a música me levar isso despertou a criança mais 'pateta' dentro de mim".

Divulgação
Imagem: Divulgação

"Nunca Teve Um Amigo Assim"

Essa foi a música que fez Will Smith se convencer de que poderia ser o Gênio da Lâmpada. "Eu fui para o estúdio no primeiro dia e comecei a brincar com ela porque queria ver se conseguia adicionar algo nela", explicou. Depois de 30 minutos, Smith encontrou ali entre as 94 e 96 batidas por minuto um tipo de som que lhe era muito familiar.

"Esse ritmo é perfeito para hip-hop das antigas. Então peguei a batida clássica de 'Impeach the President', do Honey Drippers, e comecei a partir dali", explicou.

"Eu fiquei tipo 'meu Deus', estou em casa. Estou em casa. E aí comecei a brincar com esse tempero do hip-hop. Foi ali que o gênio nasceu na minha mente a partir da música. Essa foi a experiência mais agradável da minha vida", concluiu.

Fonte: UOL Cinemas // Osmar Portilho