'Os 7 de Chicago' e Chadwick Boseman vencem o SAG Awards; veja lista

Publicado em 05/04/21 09:00

"Os 7 de Chicago", de Aaron Sorkin, venceu no domingo a categoria de melhor elenco no SAG Awards, a premiação do sindicato de atores dos EUA, um bom termômetro para o Oscar. Enquanto isso, Chadwick Boseman recebeu postumamente o prêmio de melhor ator, por "A Voz Suprema do Blues".

"Nós precisamos de líderes para nos guiar na direção de nos odiarmos menos", disse Frank Langella, que interpreta um juiz racista em "Os 7 de Chicago", drama judicial centrado na repressão dos protestos contra a guerra do Vietnã.

"Temos uma dívida de agradecimento às vozes dos 7 de Chicago", completou, em referência aos sete acusados no julgamento de 1969 retratado no filme.

A cerimônia do SAG este ano foi pré-gravada, e durou apenas uma hora, devido à pandemia de covid-19.

Chadwick Boseman, protagonista de "Pantera Negra", falecido no ano passado aos 43 anos vítima de câncer, venceu na categoria de melhor ator por "A Voz Suprema do Blues", um drama ambientado na Chicago dos anos 20.

Boseman também está indicado ao Oscar de melhor ator. Apenas dois atores venceram o prêmio da Academia a título póstumo: Peter Finch, por "Rede de Intrigas" (1976), de Sidney Lumet; e Heath Ledger, por "Batman: O Cavaleiro das Trevas" (2008), de Christopher Nolan.

Viola Davis venceu o SAG entre as atrizes, também por "A Voz Suprema do Blues". A premiação do SAG é considerada um dos indicadores mais confiável das possibilidades de vitória no Oscar, pois os atores constituem o maior grupo de eleitores na Academia.

A cerimônia do Oscar está prevista para 25 de abril.

Confira a lista completa de vencedores do SAG:

  • Melhor elenco: "Os 7 de Chicago" (Yahya Abdul-Mateen, Sacha Baron Cohen, Joseph Gordon-Levitt, Kelvin Harrison Jr., Michael Keaton, Frank Langella, John Carroll Lynch, Eddie Redmayne, Mark Rylance, Alex Sharp, Jeremy Strong)
  • Melhor atriz: Viola Davis, por "A Voz Suprema do Blues"
  • Melhor ator: Chadwick Boseman, por "A Voz Suprema do Blues"
  • Melhor atriz coadjuvante: Yuh-Jung Youn, por "Minari"
  • Melhor ator coadjuvante: Daniel Kaluuya, por "Judas e o Messias Negro"
  • Melhor elenco em série dramática: "The Crown" (Gillian Anderson, Marion Bailey, Helena Bonham Carter, Stephen Boxer, Olivia Colman, Emma Corrin, Erin Doherty, Charles Edwards, Emerald Fennell, Tobias Menzies, Josh O'Connor, Sam Phillips)
  • Melhor atriz em série dramática: Gillian Anderson, por "The Crown"
  • Melhor ator em série dramática: Jason Bateman, por "Ozark"
  • Melhor elenco em série cômica: "Schitt's Creek" (Chris Elliott, Emily Hampshire, Daniel Levy, Eugene Levy, Sarah Levy, Annie Murphy, Catherine O'Hara, Noah Reid, Jennifer Robertson, Karen Robinson)
  • Melhor atriz em série cômica: Catherine O'Hara, por "Schitt's Creek"
  • Melhor ator em série cômica: Jason Sudeikis, por "Ted Lasso"
  • Melhor atriz em minissérie ou telefilme: Anya Taylor-Joy, por "O Gambito da Rainha"
  • Melhor ator em minissérie ou telefilme: Mark Ruffalo, por "I Know This Much is True"
  • Melhor elenco de dublês em cinema: "Mulher-Maravilha 1984"
  • Melhor elenco de dublês em TV: "The Mandalorian"

Fonte: UOL Cinemas // UOL