Em vídeo, elenco de "Vingadores" discute impacto do final de "Guerra Infinita"

Publicado em 26/03/19 17:00

"Imagine se, pela primeira vez, os nossos heróis perdessem". É com estas palavras que Robert Downey Jr., o intérprete do Homem de Ferro, dá o pontapé inicial no novo vídeo promocional de "Vingadores: Ultimato", que chega aos cinemas em 25 de abril.

O vídeo revelado hoje pela Marvel traz o elenco e a equipe do filme discutindo as consequências de "Guerra Infinita", filme que precede "Ultimato". De fato, no longa os heróis da Marvel foram derrotados por Thanos (Josh Brolin), que planejava destruir metade dos seres vivos de todo o universo.

Os poderes dos Vingadores e seus aliados não foram o bastante para impedir que Thanos completasse o seu plano, e como consequência diversos heróis acabaram "virando pó" no grande evento apocalíptico causado pelo vilão.

"Todo mundo está lutando para manter a cabeça erguida", diz Chris Evans, o Capitão América, sobre as consequências desta derrota. "Mas esta tampouco é uma batalha que eles conseguirão ganhar. Nós não estávamos acostumados a perder".

O ator oferece um pouco de esperança, no entanto. "A boa notícia é que é sempre mais fácil reconstruir as pessoas depois que elas já foram destruídas. A Marvel é muito boa em fazer isso", comenta.

Para Chris Hemsworth, o Thor, os heróis "ainda estão tentando entender como lidar com tudo o que aconteceu". Já Scarlett Johansson, a Viúva Negra, diz que sua personagem "se tornou mais dura" por causa da derrota no filme anterior.

O produtor Kevin Feige, chefe da Marvel Studios, reflete sobre a reação dos fãs ao final de "Guerra Infinita". "A reação das pessoas realmente indicou o quanto o mundo se conectou emocionalmente com os nossos personagens", diz.

Fonte: UOL Cinemas // Caio Coletti