Pacarrete vence o 47º Festival de Gramado

Publicado em 25/08/19 11:00

O longa cearense Pacarrete foi o grande vencedor do 47º Festival de Gramado ao conquistar oito troféus, incluindo os de melhor filme (escolhido pelo júri oficial e popular), melhor direção para Allan Deberton, melhor roteiro, melhor atriz para Marcélia Cartaxo, além de melhor ator e atriz coadjuvantes e melhor desenho de som.

O filme já era considerado favorito depois de sua exibição na terça-feira, quando foi aplaudido de pé e ovacionado.

Pacarrete retrata a história de uma bailarina incomum, que vive em Russas, no interior do Ceará. Na véspera da festa de 200 anos da cidade, ela decide fazer uma apresentação de dança, como presente, para o povo.

"Dedico o prêmio a Pacarrete, mulher, artista e exemplo de resistência. Todo artista precisa resistir. Viva o cinema brasileiro, viva o Nordeste. Aceitamos ajuda internacional: salve a Amazônia", discursou Marcélia Cartaxo.

O festival foi palco de manifestações. Um grupo que protestava no tapete vermelho foi cercado por algumas pessoas que reagiram com vaias e até jogaram pedras de gelo nos manifestantes.

Durante a cerimônia de premiação deste sábado, foi anunciada a nova curadoria do festival para 2019. Além de renovar a parceria com o jornalista Marcos Santuario, Pedro Bial e Soledad Villamil passam a integrar o grupo.

Veja a lista de vencedores do 47º Festival de Gramado:

Longas Brasileiros

Melhor Filme: "Pacarrete", de Allan Deberton
Melhor Direção: Allan Deberton, "Pacarrete"
Melhor Ator: Paulo Miklos, em "O Homem Cordial"
Melhor Atriz: Marcélia Cartaxo, em "Pacarrete"
Melhor Roteiro: Allan Deberton, André Araújo, Natália Maia e Samuel Brasileiro, por "Pacarrete"
Melhor Fotografia: Edu Rabin, por "Raia 4"
Melhor Montagem: Joana Collier e Fernanda Krumel, por "Hebe"
Melhor Trilha Musical: Sascha Kratzer, por "O Homem Cordial"
Melhor Direção de Arte: Tulé Peake, por "Veneza"
Melhor Atriz Coadjuvante: Carol Castro, em "Veneza" e Soia Lira, em "Pacarrete"
Melhor Ator Coadjuvante: João Miguel, em "Pacarrete"
Melhor Desenho de Som: Rodrigo Ferrante e Cauê Custódio, por "Pacarrete"
Prêmio especial do Júri: "30 Anos Blues"
Júri da Crítica: "Raia 4", de Emiliano Cunha
Melhor filme do Júri Popular: "Pacarrete", de Allan Deberton

Longas estrangeiros

Melhor Filme: "El Despertar de Las Hormigas", de Antonella Sudasassi Furnis
Melhor Direção: Juan Cáceres, por "Perro Bomba"
Melhor Ator: Fernando Arze, em "Muralla"
Melhor Atriz: Julieta Díaz, "La forma de las horas"
Melhor Roteiro: Bernardo e Rafael Antonaccio, por "En el Pozo"
Melhor Fotografia: Rafael Antonaccio, por "En el Pozo"
Prêmio especial do júri: para as meninas Isabella Moscoso e Avril Alpizar do filme "El despertar de las hormigas', por suas excelentes atuações.
Menção Honrosa: para a direção de arte de "Dos Fridas"
Júri da Crítica: "El Despertar de Las Hormigas", de Antonella Sudasassi Furnis
Melhor filme Júri Popular: "Perro Bomba", de Juan Cáceres

Longas Gaúchos
Melhor filme: Raia 4, de Emiliano Cunha

Curtas Brasileiros
Melhor Filme: "Apneia", de Carol Sakura e Walkir Fernandes
Melhor Direção: Diogo Leite, por "O Menino Pássaro"
Melhor Ator: Rômulo Braga, em "Marie"
Melhor Atriz: Cassia Damasceno, em "Mulher que Sou"
Melhor Roteiro: Renata Diniz, por "O Véu de Armani"
Melhor Fotografia: Sebastian Cantillo, por "A Ética das Hienas"
Melhor Montagem: Daniel Sena e Thiago Foresti, por "Invasão Espacial"
Melhor Trilha Musical: Carlos Gomes, em "Teoria Sobre Um Planeta Estranho"
Melhor Direção de Arte: Gutor BR, por "Sangro"
Melhor Desenho de Som: Gustavo Soesi, "Um Tempo Só"
Prêmio especial do júri: para as atrizes Divina Valéria e Wallie Ruy, em "Marie", por nos permitirem vivenciar deslocamentos corporais inesperados e por imaginarem um futuro travesti num país que mais mata trans no mundo.
Júri da Crítica: "Marie", de Leo Tabosa
Melhor Filme Júri Popular: "Teoria Sobre Um Planeta Estranho", de Marco Antônio Pereira
Menção Honrosa: a Ester Amanda Schafe, de "A Pedra", pela vigorosa interpretação e pelo talento promissor que revela.
Prêmio Aquisição Canal Brasil: "Marie", de Leo Tabosa

Fonte: UOL Cinemas // UOL