Morre Sergio Paulo Rouanet, autor da lei de incentivo à cultura, aos 88 anos

Publicado em 03/07/22 18:00

Morreu neste domingo, aos 88 anos, Sergio Paulo Rouanet, ex-ministro da cultura e diplomata autor da lei de incentivo à cultura brasileira, que beneficia projetos culturais há mais de três décadas. A causa da morte foram problemas casados pela síndrome de Parkinson. Em vida, Sergio atuou como filósofo, professor e tradutor. As informações são do G1.

Sergio nasceu no Rio de Janeiro em 23 de fevereiro de 1934 e dedicou sua vida a trabalhos relacionados à cultura e produção cultura no país. Em 1991, a Lei Rouanet foi criada para autorizar que produtores culturais buscassem investimentos privados em troca de incentivo fiscal (abater parte do valor investido no Imposto de Renda) . Criada no governo de Fernando Collor, a lei seguiu inalterada por quase 30 anos até ser modificada por Jair Bolsonaro.

Com 20 anos, ele deu seus primeiros passos no jornalismo cultural e, em 1992, foi eleito para a Academia Brasileira de Letras, ocupando a cadeira de número 13. Rouanet é autor de livros como O Homem é o Discurso - Arqueologia de Michel FoucaultItinerários Freudianos em Walter BenjaminTeoria Crítica e Psicanálise.

Sergio Paulo Rouanet deixa a mulher, Barbara Freitag, e trêss filhos, Marcelo, Luiz Paulo e Adriana.

Fonte: Omelete // Pedro Henrique Ribeiro