Hugh Jackman manda mensagem de apoio para garoto que sofreu bullying

Publicado em 21/02/20 17:00

Quando a mãe do australiano Quaden Bayle publicou um vídeo após o filho sofrer bullying na escola na última terça-feira (18), ela não imaginava o que aconteceria: mais de 14 milhões de pessoas viram a publicação e muitas manifestaram seu apoio ao menino, entre elas o ator Hugh Jackman.

“Quaden, você é mais forte do que imagina, parceiro”, diz Jackman no vídeo acima. “Sejam todos gentis uns com os outros, bullying não é OK. Ponto. A vida já é difícil o bastante”.

No vídeo de 6 minutos feito pela mãe de Quaden, ela desabafa após ver o filho ser vítima constante de bullying na escola, enquanto Quaden, que tem acondroplasia, um tipo de nanismo, chora e fala em suicídio. “Esse é o efeito que o bullying tem”, diz a mãe.

Crianças de diversos países postaram mensagens no Twitter em solidariedade a Quaden. Jackman não foi o único famoso a apoiar o jovem. O comediante americano Brad Williams, que também tem acondroplasia, afirmou que arrecadou US$ 130 mil para levar a família para a Disney. Eric Trump, filho do presidente dos EUA, descreveu o vídeo como “absolutamente comovente”. O astro do basquete Enes Kanter convidou a família para um jogo da NBA e uma equipe da liga de rúgbi australiana convidou Quaden a liderar o time em uma partida neste fim de semana.

Após a repercussão do caso, começaram a surgir acusações de que o caso seria falso e que Quaden seria um ator de 25 anos. Ainda que a família não tenha se pronunciado sobre as acusações, um vídeo de 2015 mostra que o garoto tem, sim, 9 anos:

Fonte: Omelete // Pablo Raphael