Glória Perez conta expectativa para documentário sobre assassinato da filha

Publicado em 25/10/21 20:00

Glória Perez participou do podcast "Novela das 9" e contou quais são suas expectativas para a série documental de cinco episódios da HBO Max sobre sua filha, Daniella Perez.

A atriz foi assassinada a tesouradas no dia 28 de dezembro de 1992 por Guilherme de Pádua, seu par romântico na novela "De Corpo e Alma". "Espero que faça justiça à minha filha", disse a escritora de 73 anos.

Você não pode impedir que histórias públicas sejam contadas. Então, já que alguém, em algum momento, iria fazer essa história, prefiro que façam com esta seriedade, se atendo ao que está no processo.

Apesar de aprovar o projeto, Gloria disse que não autorizou nada encenado por atores, como aconteceu no filme sobre o Caso Richthofen. "Jamais admitiria. Essa história é para documentário."

"Essas pessoas não foram condenadas à toa. Elas foram condenadas por homicídio duplamente qualificado porque existiram provas suficientes para isso acontecer. Só que essa narrativa nunca foi feita", explicou.

Fonte: UOL Cinemas // UOL