Filho de quatro anos diz à polícia que viu Naya Rivera desaparecer no lago

Publicado em 11/07/20 11:00

O filho de quatro anos da atriz Naya Rivera, que sumiu em um lago da Califórnia na última quarta, disse à polícia que viu a mãe desaparecer sob as ondas, publicou a agência de notícias PA. Segundo as autoridades, o garoto, chamado Josey Dorsey passa bem.

O sargento do condado de Ventura responsável pela investigação ressaltou que não há evidências de que a atriz tenha deixado o lago Piru, como sugere uma petição na internet que pede a ampliação do raio de buscas. O local está localizado a 90 km a noroeste do centro de Los Angeles.

"Procuramos pessoas no chão, na costa. Não estávamos procurando por ela fisicamente, mas procurando por pistas, evidências que sugerissem que ela tenha chegado à costa. A evidência mais conclusiva agora são as declarações de seu filho, única testemunha", afirmou.

Naya Rivera e o filho, Josey Dorsey  - Reprodução - Reprodução
Naya Rivera e o filho, Josey Dorsey
Imagem: Reprodução

"Ele observou a mãe desaparecer debaixo d'água. Então, estamos muito confiantes de que ela está na água e que em algum momento a recuperaremos no lago."

Josey, que agora está sob os cuidados do pai Ryan Dorsey, ex-marido da atriz, foi encontrado dormindo e sozinho no barco enquanto usava um colete salva-vidas. Um colete salva-vidas do tamanho de um adulto também foi encontrado a bordo do barco, que era alugado.

Possível acidente

Um dos mergulhadores que buscam o corpo afirmou à DailyMailTV que a atriz, conhecida pela participação na série "Glee", pode ter batido a cabeça enquanto mergulhava, o que teria resultado no afogamento.

De acordo com o site "Entertainment Tonight", as autoridades atribuem a dificuldade nas buscas às condições do lago e à visibilidade do local e cogitam que o corpo pode nunca ser encontrado.

Em coletiva realizada antes de ontem, o sargento explicou que "neste particular lago, nesta área, há muitas árvores e plantas dentro da água. Isso faz com que as buscas sejam complicadas e pouco seguras para os mergulhadores".

"Se o corpo ficou enroscado em algo sob a água, ele pode nunca emergir. Não sabemos", acrescentou.

Fonte: UOL Cinemas // UOL