Jessica Chastain recusou papel de Enfermeira Noturna em Doutor Estranho

Publicado em 28/03/20 17:00

Jessica Chastain recusou papel de Enfermeira Noturna em Doutor Estranho segundo o roteirista C. Robert Cargill. Em entrevista ao podcast Junkfood Cinema, Cargill comentou que Hollywood está começando a perceber que há atrizes que “querem ser super heroínas tanto quanto atores”. Em seguida, ele relembrou do episódio em que o diretor Scott Derrickson abordou Chastain, que recusou o projeto pois gostaria de ser uma heroína no MCU:

“Ela disse ‘olha, esse projeto parece incrível, e eu adoraria estar nele. Mas só terei uma chance de estar em um filme da Marvel e me tornar um personagem. Eu treinei balé e realmente gostaria de usar uma capa’. E essa foi a rejeição mais legais de todas. Ela queria estar em um filme da Marvel, mas como super heroína, não como a durona Enfermeira Noturna”

Por fim, o papel da doutora Christine Palmer no filme de 2016 ficou com Rachel McAdams (Meninas Malvadas). Vale lembrar que anos depois Jessica Chastain interpretou Margaret, a vilã de X-Men: Fênix Negra.

O Doutor Estranho voltará aos cinemas em Doctor Strange in The Multiverse of Madness. Scott Derrickson, o diretor do primeiro filme, deixou o projeto em janeiro por diferenças criativas. Atualmente, a Marvel negocia com Sam Raimi, diretor da primeira trilogia do Homem-Aranha, para substituí-lo.

Doctor Strange in the Multiverse of Madness terá o retorno de Benedict Cumberbatch no papel do Mago Supremo. A sequência começa a ser rodada em maio de 2020, segundo Benedict Wong, o Wong - saiba mais. Além disso, a Feiticeira Escarlate, vivida por Elizabeth Olsen, estará presente no longa, que terá conexão com a série Wandavision. Caso não haja mudança no calendário da Marvel, o longa estreará em 7 de maio de 2021.

O primeiro filme do Doutor Estranho chegou aos cinemas em 2016 e arrecadou US$ 677 milhões na bilheteria mundial.

Fonte: Omelete // Gabriel Avila