Dona de sex shop nos cinemas, Ingrid Guimarães diz: "Hoje todo mundo tem vibrador"

Publicado em 01/04/19 16:00

As novidades do novo "De Pernas pro Ar 3", que estreia no próximo dia 11 nos cinemas, incluem, entre vários outros detalhes de roteiro, um brinquedo sexual de realidade virtual. A história dos artefatos analógicos vendidos pela protagonista Alice ficam em segundo plano.

Segundo Ingrid Guimarães, que coassina pela primeira vez um roteiro, o mundo de 2019 é muito diferente do de 2012, quando o último capítulo da história foi lançado, e mudanças como essa foram mais que necessárias.

"Esse foi um filme muito bem pensado. A relação com o sexo mudou muito no mundo. Hoje todo mundo tem vibrador, não é mais uma questão de como foi", disse ela durante a coletiva de imprensa do filme, hoje, em São Paulo.

"Também trouxemos questões reais para história, trouxemos personagens jovens, incluímos mais o personagem do marido. O Bruno (Garcia) deu opinião sobre o roteiro. Falamos sobre competição entre mulheres, de culpa."

De acordo com o ator Bruno Garcia, o filme, que mistura drama e comédia, é atual e fará o público refletir pelos temas e pela forma como apresenta relações familiares contemporâneas. "É uma história para o público repensar a família e aprender a escutar, ouvir e a mudar de postura", resume.

Um dos destaques da trama é a cômica participação especial de Cauã Reymond na cena em que a protagonista Alice testa o óculos de realidade virtual do filme, criados pela antagonista que torna namorada de sue filho. O convite foi feito pela própria Ingrid, que desta vez também também atuou como produtora.

"Queríamos alguém que estivesse no inconsciente como um homem sexy. Ele é um homem aplicativo, que qualquer um pode escolher queremos. A filmagem e a edição da cena foi de alto nível."

Fonte: UOL Cinemas // Leonardo Rodrigues