Diretor de 'Liga da Justiça' rebate Ray Fisher, o Ciborgue: 'Péssimo ator'

Publicado em 17/01/22 18:00

O diretor Joss Whedon, responsável por "Liga da Justiça" (2017), falou hoje pela primeira vez sobre as acusações do elenco que ele teve comportamente abusivos no site de filmagem da DC.

A crítica direta foi ao ator Ray Fisher, intérprete do herói Ciborgue. "Estamos falando de uma força malévola. Ele é um péssimo ator nos dois sentidos", afirmou o diretor à New York Magazine.

No artigo publicado hoje, baseado em entrevistas, Whedon repetidamente negou alegações de "conduta cruel ou insensível no passado".

Whedon também negou as alegações de Gadot de que ele ameaçou a carreira dela. "Inglês não é sua primeira língua, e costumo ser irritantemente floreado em meu discurso", disse Whedon sobre a atriz israelense.

Ele disse que brincou sobre uma cena que ela queria cortar, observando que ela teria que amarrar seu corpo a um trilho de trem para cortá-la. "Então me disseram que eu tinha dito algo sobre o cadáver dela e amarrando-a a uma linha de trem".

Tanto Fisher quando Gadot não comentaram sobre as declarações à revista, mas o ator comentou depois no Twitter.

"Parece que Joss Whedon conseguiu dirigir um Ultimato, no final das contas. Ao invés de tocar especificamente em todas as mentiras e palhaçadas de hoje, eu estarei celebrando o legado do Reverendo Dr. Martin Luther King Jr. Amanhã, o trabalho continua".

Joss Whedon (esq.) e Zack Snyder com Gal Gadot - Divulgação - Divulgação
Joss Whedon (esq.) e Zack Snyder com Gal Gadot
Imagem: Divulgação

Acusações

Fisher foi o primeiro a falar sobre o trabalho de Whedon em julho de 2020, o que gerou uma investigação por parte da Warner Bros.

O ator havia apontado também que produtores e executivos do estúdio, como Geoff Johns e Jon Berg, ajudaram a encobrir as atitudes de Whedon. Ele ainda afirmou que a Warner ignorou testemunhas importantes no inquérito interno que fez — quem o apoiou no caso foi Jason Momoa, o Aquaman.

Já Gal Gadot falou sobre o comportamento do diretor no final de 2020, quando estava promovendo "Mulher-Maravilha 1984"

Eu não estava presente quando Joss Whedon gravou com outros meninos [do elenco]. Tive minha própria experiência com ele, que não foi a melhor, mas tomei conta disso quando aconteceu. Eu levei minha denúncia aos chefes [da Warner], e eles deram um jeito."
Gal Gadot sobre experiência com Joss Whedon em 'Liga da Justiça'

Gadot não quis detalhar suas interações com Whedon, mas deu seu apoio ao colega de elenco Ray Fisher), que veio a público com suas próprias acusações contra o cineasta.

"Eu fico feliz que Ray tenha se apresentado e esteja contando a sua verdade", disse ela, acrescentando que aprova a investigação interna da Warner sobre as denúncias.

Fonte: UOL Cinemas // Rodolfo Vicentini