Denis Villeneuve critica momento da indústria: “pensam em datas, não qualidade”

Publicado em 26/02/24 15:00

Diretor de Duna: Parte Dois, Denis Villeneuve criticou o momento atual de Hollywood e como grandes estúdios têm se preocupado cada vez menos com a qualidade dos títulos que lançam nos cinemas. Questionado sobre uma previsão de lançamento para a adaptação de O Messias de Duna, o cineasta afirmou não ter pressa em tirar o longa do papel. “Um dos perigos de Hollywood é que as pessoas ficam mais animadas e só pensam em datas, não em qualidade”, afirmou ele ao The Times.

Segundo Villeneuve, o cinema também passa por uma “corrupção” televisiva. “Honestamente, odeio diálogos [em filmes]”, disse ele. “Diálogos são para teatro e televisão. Não me lembro de filmes por causa de uma fala boa, lembro por uma imagem forte. Não estou interessado em diálogos. Imagens e sons puros, esse é o poder do cinema, mas é algo que não é óbvio quando se assiste a filmes hoje. Os filmes foram corrompidos pela televisão.

Num mundo perfeito, eu faria um filme emocionante que não pareceria experimental, mas também não teria uma única palavra”, explicou Villeneuve. “As pessoas sairiam do cinema e diriam: ‘espera, não teve diálogo?’ Mas [durante a sessão] não sentirão falta.

Duna: Parte Dois traz de volta vários nomes do elenco estrelado do primeiro filme, como Zendaya, Timothée Chalamet, Rebecca Ferguson, Dave Bautista, Javier Bardem e Josh Brolin. Entre as novidades, destaque para Florence Pugh, Christopher Walken, Léa Seydoux, Austin Butler e Tim Blake Nelson.

O longa tem estreia marcada para 29 de fevereiro.