Atriz de 'Doutor Estranho' presa por abuso sexual é colocada em isolamento

Publicado em 21/05/22 17:00

A atriz Zara Phythian, conhecida por participar do filme "Doutor Estranho", foi colocada em isolamento dentro de uma prisão no Reino Unido, após ser condenada a oito anos de prisão por envolvimento em um caso de abuso sexual infantil ao lado do marido, Victor Marke, de 59. As informações são do jornal Daily Mail.

A publicação afirma que a atriz de 36 anos planeja recorrer da decisão do tribunal, mas que foi colocada em uma ala separada da prisão de Foston Hall para o bem de sua saúde, pois apresentava comportamento nervoso. "Os guardas estão fazendo verificações de hora em hora porque ela esteve perto de um colapso nervoso", disse uma fonte próxima à família Phythian.

Segundo informações anteriores do canal BBC, eles foram acusados por uma mulher de 29 anos de abusar sexualmente dela quando adolescente. Na época, o marido da atriz, dono de uma academia de artes marciais, era instrutor da adolescente.

De acordo com o depoimento da vítima - que não teve o nome identificado - ao tribunal de Notthingham Crown, os abusos aconteceram entre 2005 e 2008, época em que ela tinha entre 13 e 15 anos, e chegaram a ser filmados por Victor e Zara em várias ocasiões.

A moça relatou uma ocasião em que, após lhe darem bebida alcoólica, a atriz da Marvel a desafiou a fazer sexo oral em seu marido. Logo na sequência, Victor teria feito sexo com ambas. Ele foi condenado a 14 anos de prisão, segundo o Daily Mail.

Tanto Zara Phytian quanto Victor Make negam que as acusações tenham fundamento. Vale lembrar que ele também é acusado de crimes sexuais contra uma outra mulher, que também era menor de idade à época dos fatos denunciados.

Fonte: UOL Cinemas // Filipe Pavão