Velozes e Furiosos | Tyrese Gibson relembra impacto da morte de Paul Walker

Publicado em 11/06/21 12:00

Tyrese Gibson, o Roman Pearce de Velozes e Furiosos, relembrou em entrevista à revista EW como a perda precoce de Paul Walker impactou os bastidores do sétimo filme da franquia.

O intérprete de Brian O'Conner morreu em um acidente de carro durante uma pausa nas filmagens de Velozes e Furiosos 7, em 2013.

De acordo com Gibson, toda a diversão de filmar a trama se perdeu depois da morte do ator. “Tenho mais lembranças ruins do que boas, porque toda a diversão e toda a magia que tínhamos antes da morte prematura de Paul Walker. O trauma de perdê-lo superou tudo isso", desabafou.

O retorno às gravações, contou, foi difícil. “A primeira coisa que todos nós falamos foi: 'O que diabos estamos fazendo aqui? O que é Velozes e Furiosos sem Paul?'”.

O ator ainda descreveu Velozes 7 como “lindo, inspirador e doloroso”.

Apesar dos bastidores terem sido difíceis, o filme é o de maior bilheteria da franquia e arrecadou mais de US$ 1,5 bilhões em bilheteria mundial.

Gibson ainda revelou suas percepções sobre Velozes e Furiosos 9. “Justin Lin é um monstro por fazer o que ele faz, mas haverá um monte de coisas de nossos personagens, nossa maturidade e nossas vulnerabilidades que as pessoas nunca viram antes”.

O próximo filme da franquia chega aos cinemas brasileiros no dia 24 de junho e já tem data para pré-venda, confira.

 

Fonte: Omelete // Camila Falcão