Para Sterling K. Brown, Atlas é filme para aliviar descrença das pessoas com IAs

Publicado em 28/05/24 02:00

Novo filme da Netflix, Atlas propõe um debate sobre o perigo das inteligências artificiais e o papel da humanidade em sua evolução. Para Sterling K. Brown, que interpreta o coronel Banks na produção, o longa tem o papel de aliviar a descrença das pessoas com as IAs.

"[A trama] tem uma boa base emocional. Se as pessoas se importam com a história, podem deixar a descrença de lado e perceber uma direção possível na qual a tecnologia e a humanidade podem coexistir. Assim, os elementos de ficção científica não vão ser tão distantes a ponto de fazer as pessoas pensarem: 'Ah, isso nunca vai acontecer'. Espero que elas assistam e pensem: 'Uau, e se isso acontecesse? Como seria o meu relacionamento com a tecnologia?'", dissr Brown em entrevista obtida com exclusividade pelo Omelete.

Para explicar a trama de Atlas, o ator comparou o filme com outras duas obras de ficção científica com uma base sólida de fãs: A.I. Inteligência Artificial e Círculo de Fogo. Na visão de Brown, Atlas é como se fosse um "filho" entre ambos os filmes.

"Se A.I. Inteligência Artificial e Círculo de Fogo tivessem um filho, seria Atlas, porque você tem os trajes de robô, mas também tem a parte em que os sentidos, a capacidade de compreender e navegar pelo mundo são aumentados quando você sincroniza com essa máquina. Tem algo muito interessante na ideia de que essas duas partes se unem, mas não têm uma relação codependente. Elas são interdependentes, então tem um componente saudável que eu considero intrigante para fãs de ficção científica", completou.

Apesar de destacar o discurso reflexivo de Atlas com relação às AIs, Brown reforçou a importância de o filme gerar entretenimento para quem o assiste. "Olha, tem uma profundidade na história, mas esse é o tipo de filme para ver comendo pipoca ao lado de quem você gosta e relaxar, sabe? Espero que faça as pessoas pensarem, imaginando a natureza do futuro e da nossa relação com a tecnologia. Mas se a plateia não se divertir, então fizemos algo errado. Essa é uma produção para as pessoas viverem bons momentos."

Além de Jennifer Lopez, o elenco também conta com Simu Liu, Sterling K. Brown, Gregory James Cohan, Abraham Popoola, Lana Parrilla e Mark Strong.

A obra tem direção de Brad Peyton (Terremoto: A Falha de San AndreasRampage: Destruição Total), e roteiro de Aron Eli Coleite (Locke & Key).

Atlas já está disponível na Netflix.