Ray Fisher responde novas falas de Joss Whedon sobre Liga da Justiça: "Mentiras"

Publicado em 17/01/22 21:00

Ray Fisher, que interpretou o herói Ciborgue em Liga da Justiça (2017), usou o Twitter para rebater novas falas do diretor Joss Whedon. Em entrevista concedida à New York Magazine, o cineasta negou acusações de abuso (que incluem denúncias feitas pelo próprio Fisher) e criticou o elenco do filme da DC. Especificamente sobre o intérprete de Victor Stone, ele afirmou ter cortado boa parte do arco estrelado pelo ator no filme pois ele "não fazia sentido" e o definiu como "um mau ator, em todos os sentidos da palavra”.

Em resposta, Fisher publicou o seguinte tweet: "Parece que Joss Whedon conseguiu dirigir um Ultimato, no final das contas. Ao invés de tocar especificamente em todas as mentiras e palhaçadas de hoje, eu estarei celebrando o legado do Reverendo Dr. Martin Luther King Jr. Amanhã, o trabalho continua". Confira abaixo.

Entenda o caso

Em julho de 2020, Ray Fisher acusou Joss Whedon de ter uma postura abusiva no set de Liga da Justiça, dizendo que ele foi apoiado em tais atos por Geoff Johns Jon Berg, produtores do longa. Algumas semanas depois, o ator disse que estava coletando informações contra o diretor, que recebeu diversas acusações recentemente, incluindo de atrizes de Buffy, de um roteirista de Firefly e das equipes das séries Buffy e Angel.

Em meio a tudo isso, Fisher começou a falar também contra o estúdio, dizendo que o presidente da DC Films, Walter Hamadapediu para ele "pegar leve" com Geoff Johns em suas queixas. Uma investigação interna foi aberta para apurar as acusações do ator e, em dezembro, a WarnerMedia disse que concluiu o processo e que "ações corretivas" seriam tomadas, sem divulgar maiores detalhes.

Com todo o caso, surgiu a dúvida sobre a volta de Ray Fisher ao papel de Ciborgue nos cinemas. O ator está na versão do diretor Zack Snyder de Liga da Justiça, mas já confirmou que não vai aparecer no filme solo do Flash, como estava previsto.

Whedon assumiu as filmagens de Liga da Justiça depois da saída de Snyder da direção por problemas familiares. A reação negativa em torno do filme estimulou pedidos pela versão original do longa, já que muito material planejado pelo diretor não entrou na versão final. Após muito tempo, a Warner confirmou o lançamento do Snyder Cut, que já está disponível na HBO Max.

Fonte: Omelete // Eduardo Pereira