Próximo James Bond continuará sendo homem e britânico, diz produtora

Publicado em 08/12/21 10:00

A produtora Barbara Broccoli, responsável pela franquia "007" nos cinemas, disse que o icônico espião James Bond continuará sendo interpretado por um homem e que seja natural do Reino Unido.

Em entrevista ao The Hollywood Reporter, Broccoli falou sobre o perfil do próximo ator que dará vida ao personagem nas telonas, após a despedida de Daniel Craig, que interpretou o agente do MI6 pela última vezem "007 - Sem Tempo Para Morrer", lançado neste ano nos cinemas.

Segundo a produtora, ela não acredita que "uma mulher deva interpretar James Bond" e, por esse motivo, o personagem deve continuar sendo vivido por um homem.

"Acredito em criar novos personagens para as mulheres, em vez de colocá-las em personagens masculinos. Não há bons personagens femininos o bastante por aí, logo, é importante que se produzam filmes para mulheres e sobre mulheres", declarou.

No entanto, se Barbara Broccoli se mostrou cética quanto a possibilidade de James Bond passar por uma mudança de gênero, ela demonstrou estar aberta a ideia de que o espião possa ser vivido por um ator negro, ao afirmar que o 007 também continuará sendo natural do Reino Unido. "James Bond também deve ser britânico e, por britânico, isso significa qualquer etnia ou raça".

A resposta da produtora vai de encontro a de Daniel Craig ao ser questionado sobre o agente ser interpretado por uma mulher em uma entrevista concedida em setembro, pouco antes da estreia de "Sem Tempo Para Morrer".

Na ocasião, ele apontou a necessidade de mudanças na indústria cinematográfica, mas frisou que, para ele, mais importante que uma mulher assumir o posto do 007, é a criação de personagens "tão bons" quanto o de Bond, mas pensados para as mulheres.

Fonte: UOL Cinemas // Tiago Minervino