Pendurando o capuz: Ben Affleck confirma que não é mais Batman em programa

Publicado em 15/02/19 10:00

Ben Affleck finalmente confirmou, com todas as palavras, que não será mais o intérprete do Batman nos cinemas. Quando a notícia inicialmente vazou em diversos sites de entretenimento, em janeiro, o ator havia feito mistério no Twitter.

Comparecendo ao programa "Jimmy Kimmel Live", no entanto, ele foi mais claro sobre o assunto: "Sim, eu saí [do filme]. Eu tentei dirigir uma versão dele, trabalhei com um ótimo roteirista, mas não consegui chegar a algo interessante. Então, achei melhor entregar o filme [e o papel] para outra pessoa".

Affleck ainda se mostrou otimista com o rumo do personagem. Ele elogiou o diretor e roteirista Matt Reeves ("Planeta dos Macacos: A Guerra"), que vai assinar "The Batman", previsto para lançamento em 2021.

Para marcar a ocasião da "aposentadoria" de Affleck como Batman, o apresentador Jimmy Kimmel chamou o seu ajudante de palco, Guillermo, para realizar uma cerimônia oficial onde o ator pode "pendurar o capuz"-- literalmente.

Guillermo entrou vestido de Robin, segurando o que Kimmel disse ser o capuz e capa usado por Affleck nos filmes "Batman vs. Superman: A Origem da Justiça", "Esquadrão Suicida" e "Liga da Justiça".

Atrás da capa do Batman, no entanto, era possível ver o número 12, mesmo da camisa vitoriosa de Tom Brady no time de futebol americano New England Patriots. Affleck brincou: "O número sempre esteve ali, e a Warner removeu digitalmente".

Fonte: UOL Cinemas // Caio Coletti