Netflix confirma que Sandman, de Neil Gaiman, vai virar série em live-action

Publicado em 01/07/19 21:00

A Netflix confirmou hoje à noite que deu o sinal verde para que Sandman vire uma série em live-action. O serviço de streaming pediu 10 episódios para a adaptação produzida pela Warner Bros. Television.

"Estamos entusiasmados em fazer parceria com Neil Gaiman, David S. Goyer e Allan Heinberg para finalmente trazer a icônica série de quadrinhos de Neil, Sandman, para as telas", declarou Channing Dungey, vice-presidente de originais da Netflix.

"Desde os seus personagens e histórias ricas aos seus mundos bem construídos, temos o prazer de criar uma série épica original que mergulha profundamente neste universo complexo adorado pelos fãs de todo o mundo.", acrescentou.

Allan Heinberg (Mulher-Maravilha e Grey's Anatomy) vai escrever a série e servirá ainda como showrunner. Neil Gaiman, o criador da graphic novel, será produtor executivo junto com David Goyer.

A Netflix definiu a obra original como "uma rica mistura de mito moderno e fantasia sombria, na qual a ficção contemporânea, o drama histórico e a lenda estão perfeitamente entrelaçados".

A primeira tentativa de adaptar Sandman aconteceu nos anos 90. O filme foi sendo arrastado para a década seguinte, mudando de diretores e roteiristas, até que foi finalmente deixado de lado.

A premiada série adulta de quadrinhos foi publicada pelo selo Vertigo e mostra o ponto de vista de Sonho, um dos Perpétuos, e todas as suas interações com os humanos, o universo e outras criaturas fantásticas.

Sandman foi a primeira HQ a entrar na lista dos best-sellers da The New York Times. Já no Brasil, a série começou a ser publicada em 1989 pela Editora Globo, e desde 2008 é a Panini que lança os derivados da saga.

Fonte: UOL Cinemas // Rodolfo Vicentini