Morre Lorraine Warren, investigadora paranormal que inspirou "Invocação do Mal"

Publicado em 19/04/19 15:00

Lorraine Warren, a investigadora paranormal americana que inspirou a popular franquia de terror "Invocação do Mal", morreu aos 92 anos. Segundo o neto de Lorraine, Chris McKinnell, ela morreu sem sofrer durante o sono, na noite de ontem.

"Ontem à noite minha avó, Lorraine Warren, calma e pacificamente nos deixou para se juntar ao seu amado Ed. Ela estava feliz e rindo até o fim", publicou McKinnell.

Warren se tornou conhecida mundialmente por seu trabalho como investigadora de atividade paranormal, atuando em parceria com o marido Ed Warren, que morreu em 2006.

O casal, que se autointitulava clarividente, atuou em alguns dos casos mais famosos da história, incluindo as assombrações da mansão de Amityville, o poltergeist de Enfield e o caso da boneca Annabelle, todos retratados em filmes da franquia.

Em 1952, eles criaram a Sociedade para Pesquisa Psíquica de New England, grupo de caçadores de fantasmas mais antigo da região, e também administraram um museu ocultista em que exibia os artefatos usados em investigações, entre eles a boneca Annabelle.

No cinema, Lorraine foi interpretada pela atriz Vera Farmiga, que homenageou a investigadora em sua conta do Twitter.

"De um profundo sentimento de tristeza, surge um profundo sentimento de gratidão. Eu fui tão abençoado por tê-la conhecido e tenho a honra de retratá-la. Ela viveu sua vida em graça e alegria."

O mais recente filme da saga da série, "A Maldição da Chorona", estreou nos cinemas brasileiros ontem.

Fonte: UOL Cinemas // Leonardo Rodrigues