MIB: Internacional quase perdeu seu diretor durante filmagens

Publicado em 17/06/19 21:00

Depois de MIB Internacional arrecadar uma bilheteria morna no seu final de semana de estreia, avaliada em US$ 28,5 milhões nos Estados Unidos, pessoas ligadas à Sony Pictures revelaram problemas nos bastidores do longa. Fontes do Hollywood Reporter afirmam que o diretor F. Gary Gray ameaçou abandonar o projeto em várias ocasiões por diferenças criativas com o produtor veterano Walter Parkes, que colaborou no primeiro filme da franquia.

Ao que parece, o roteiro original de Art Marcum e Matt Holloway era mais ousado e atual, discutindo imigração e com um grupo de vilões inspirados nos Beatles. "Você não atrai Chris Hemsworth e Tessa Thompson se o roteiro não fosse bom", disse uma das fontes do site. Porém, Parkes teria ficado em cima para supervisionar as reescritas do script não apenas na pré-produção, como também durante as filmagens. A confusão desse processo teria sido tanta que Thompson e Hemsworth contrataram seus próprios escritores para os diálogos.

Ainda segundo estas fontes, Parkes teria até dado pitaco na direção de Gray, que só não deixou a produção porque foi convencido pelo estúdio a ficar. Mas, segundo um dos entrevistados, a Sony não deu qualquer orientação durante as muitas discussões entre diretor e produtor. "O estúdio foi um senhorio ausente", disse.

Embora o resultado na bilheteria tenha ficado aquém das expectativas de todos, um executivo da Sony está confiante de que a franquia sobreviverá. "Homens de Preto será revisitado de novo em algum ponto, seja em série, no streaming ou em outro filme".

MIB Internacional está em cartaz nos cinemas.

Fonte: Omelete // Mariana Canhisares