Marvel: Irmãos Russo adorariam dirigir adaptação das HQs Guerras Secretas

Publicado em 19/07/19 16:00

Os irmãos Anthony e Joe Russo disseram, durante painel na San Diego Comic-Con, que adorariam dirigir uma adaptação dos quadrinhos Guerras Secretas, um dos mais famosos da Marvel. Os diretores são conhecidos por comandarem Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato.

"Nosso tempo na Marvel foi um dos melhores, criativamente, que já tivemos", comentou Anthony no painel. "E nós adoraríamos trabalhar com eles novamente. No futuro, se isso fizer sentido, quem sabe em Guerras Secretas?".

Publicada entre 1984 e 1985, Guerras Secretas mostra o que acontece quando uma entidade chamada Beyonder transporta os seres mais poderosos da Terra para outro planeta, dividindo-os em dois grupos e ordenando que eles batalhem entre si. O prêmio para o vencedor é a realização de todos os seus desejos.

Vale ressaltar que os X-Men têm um papel importante em Guerras Secretas -- um dos principais embates da série de HQs ocorre entre Charles Xavier e Magneto, que foram colocados no mesmo grupo por Beyonder.

Até recentemente, os X-Men não podiam fazer parte dos filmes do universo cinematográfico da Marvel, porque os direitos dos personagens estavam nas mãos de outro estúdio, a Fox. Agora, com a compra da Fox pela Disney, o crossover pode finalmente acontecer.

Reprodução
Hulk (Mark Ruffalo) em cena de "Vingadores: Ultimato" Imagem: Reprodução

Mais Ultimato

Durante o painel, os Irmãos Russo também se abriram sobre a produção de Vingadores: Ultimato. Segundo eles, por exemplo, os efeitos especiais mais difíceis de acertar foram a poeira do desaparecimento dos heróis, os portais do Doutor Estranho e a criação do Professor Hulk.

"Quanto à poeira, nós tivemos todo um processo criativo. Foi difícil encontrar uma forma que fosse visualmente satisfatória, que nos fizesse entender que esses personagens estavam desaparecendo, e não só morrendo. A essência de quem eles eram estava sendo absorvida pelo universo", comentou Joe.

Mark Ruffalo também fez uma aparição surpresa no painel, mandando uma mensagem gravada para os diretores: "Agora que o Hulk e Banner estão combinados em um só, isso significa que eu sou o Vingador mais forte e o Vingador mais inteligente?".

Os Irmãos Russo não perdoaram, no entanto: "Ainda há o Tony Stark". Os diretores também revelaram, aliás, que Ruffalo e Anthony Mackie (o Falcão) são os atores que mais dão trabalho, errando muito suas falas e caindo na risada.

Enquanto isso, Chris Evans (Capitão América) quis saber o que Steve Rogers fez depois de dançar com Peggy (Hayley Atwell) após voltar para o passado. "Ele pode ter feito muitas coisas. Ele pode ter ido resgatar Bucky da HYDRA. Ele pode ter ido se resgatar do gelo", brincou Anthony.

Depois disso, a zoeira rolou solta: Chris Hemsworth "perguntou" quem será o líder dos Guardiões da Galáxia agora que Thor faz parte do grupo, enquanto Paul Rudd (Homem-Formiga) quis saber de quem é o "melhor bumbum da América", resgatando uma piada de Ultimato.

Já Robert Downey Jr. fez uma pergunta mais séria: qual é a grande diferença entre o "eu sou o Homem de Ferro" de Tony Stark no primeiro filme solo do herói, e o "eu sou o Homem de Ferro" do personagem no final de Ultimato?

"Você pode olhar para isso de várias formas, mas para nós tem tudo a ver com o arco do personagem. Ele começou como esse cara egocêntrico e acabou como alguém que realmente coloca os outros à frente de si mesmo, se sacrificando", explicou Anthony.

Quer ler mais sobre o mundo geek e conversar com outros fãs? Participe da nossa página no Facebook! Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Geek.

Fonte: UOL Cinemas // Caio Coletti