Firebrand | Jude Law usou perfume com cheiro de sangue e fezes no filme

Publicado em 13/06/24 02:00

Jude Law, estrela do filme Firebrand, dirigido pelo brasileiro Karim Aïnouz, compartilhou um método um tanto quanto exótico. O ator contou para a People que utilizou perfume com cheiro de sangue e fezes ao interpretar o Rei Henrique VIII da Inglaterra.

"Um método fedido", Law disse. "Karim cria o que eu chamo de um ambiente de 360 graus para a atuação, você não sabe onde está a câmera, tudo é meio que configurado, constrói um mundo. Então, o cheiro era uma grande parte disso, queríamos que parecesse e cheirasse real.", completa o astro. 

O protagonista contou mais sobre a imersão nas filmagens. "Às vezes tínhamos salas onde deixávamos as janelas abertas para que ficasse muito frio, então nos enrolávamos em nossas peles. Sempre havia animais presentes, o que era verdade para a época, então eu cheirar mal era apenas uma adição a isso", acrescentou.

"Eu soube que Henrique tinha esse fedor por causa de suas pernas podres e pensei que seria uma adição interessante para aqueles ao meu redor que tinham que bajulá-lo e atender a todos os seus desejos [enquanto] também tentavam segurar o vômito.", contou.

O cineasta brasileiro comentou que decidiu fazer o filme porque se sentiu surpreso com o quão pouco o personagem de Vikander, Parr, é lembrado na mídia moderna. "Todo mundo conhece Henrique VIII e tantos filmes sobre as mulheres que ele matou, mas sobre a que sobreviveu, há tão pouco", diz ele. "Então, para mim, foi uma reparação. Espero que seja apenas o começo de uma parte da história e do reconhecimento do incrível trabalho dela que deve ser celebrado.".

Leia a sinopse oficial: Na sangrenta Inglaterra dos Tudor, Catarina Parr, casada duas vezes, bem-sucedida e educada, relutantemente concorda em se tornar a sexta esposa do tirânico rei Henrique VIII. O consentimento dela em se casar com ele acarreta um grande risco pessoal, visto que seus antecessores serão derrotados, decapitados ou mortos. 

Firebrand estreia nos Estados Unidos na sexta-feira, 14 de junho, enquanto ainda não há data para o Brasil.