Jonathan Majors é acusado de abuso por mais duas mulheres

Publicado em 09/02/24 13:00

Mais duas mulheres acusaram Jonathan Majors de cometer abusos físicos e psicológicos contra elas durante relacionamentos que tiveram com o ator. Os relatos de Emma DuncanMaura Hooper vieram em nova matéria do New York Times.

A reportagem também revela que três funcionárias da equipe de bastidores de Lovecraft Countrysérie da HBO que Majors estrelou em 2020, chegaram a fazer uma reclamação formal contra Majors ao time da emissora. Duas delas eram as diretoras de segunda unidade Jessica Pollini e Lisa Zugschwerdt, e uma terceira não teve seu nome revelado pelo jornal.

De acordo com o Times, as duas ex-namoradas de Majors chegaram a submeter seus relatos para o recente processo de violência doméstica contra Majors, que resultou na condenação do ator - pendendo sentença -, mas ambos os testemunhos acabaram não sendo aceitos pelo tribunal como evidência.

Duncan alega que Majors "ameaçou estrangulá-la e matá-la" durante uma briga em 2016. Em outra ocasião ele "empurrou o corpo dela contra uma caixa de correio, resultando em lesões nas costas e nos braços', e ainda em um terceiro momento o ator "jogou a então namorada no chão e deu uma cabeçada nela".

Já Hooper, cujo relacionamento com Majors chegou a coincidir com o de Duncan (nenhuma das duas sabia disso na época), contou que o ator "a proibiu de falar com qualquer pessoa sobre o namoro dos dois", e se recusou a ir buscá-la em uma clínica de aborto após ela realizar o procedimento.

Mais tarde, após o término do relacionamento, Majors ficou sabendo que Hooper estava namorando um outro homem que ele conhecia. Segundo ela, o ator a ligou furioso e "a xingou de 'prostituta', dizendo que 'esperava que ela se matasse' e adicionando que 'ia arrancar o coração dela como arrancaram o nosso bebê da sua barriga'".

Já no caso das denúncias contra o ator no set de Lovecraft Country, Pollini e Zugschwerdt alegam que Majors frequentemente se mostrou agressivo com as mulheres da equipe de bastidores e ameaçou usar violência contra elas durante discussões criativas.

As duas diretoras de segunda unidade então se uniram a uma terceira colega e fizeram a denúncia formal à HBO, o que engatilhou uma investigação e resultou na emissora obrigando Majors a realizar um pedido de desculpas. Segundo as duas, no entanto, o ator chamou os incidentes agressivos de "mal entendidos" quando conversou com elas.

A advogada de Majors, Priya Chaudhry, disse ao New York Times que o ator admite que seus relacionamentos passados tiveram um elemento de toxicidade, mas nega veementemente qualquer acusação de violência física e contesta a veracidade do relato das diretoras de Lovecraft Country.