Jair Bolsonaro considera extinguir a Ancine

Publicado em 18/07/19 13:00

O presidente Jair Bolsonaro considera fazer mudanças drásticas na Agência Nacional do Cinema (Ancine), de acordo com a colunista da Folha de S.Paulo Mônica Bergamo. Entre as medidas possíveis, ele cogita extinguir o órgão oficial ou, então, transferi-lo para a Secretaria de Comunicação (Secom), dentro do Ministério da Cidadania.

A insatisfação do Bolsonaro se deve a relatos de projetos aprovados pela Ancine que o presidente entende como absurdos. Um exemplo é o reality Born to Fashion, cuja premissa é revelar modelos trans. Outra preocupação dele estaria também na disputa de cargos dentro da área da cultura.

A decisão sobre o destino da Ancine deve ser tomada ainda nesta quinta-feira (18), quando Bolsonaro se encontrará com o ministro da Cidadania Osmar Terra. Procurada pelo Omelete, a Ancine não deu posicionamento oficial até a publicação desta matéria.

Criada em 2001, a Ancine é uma agência reguladora com a função de fomentar e fiscalizar as produções cinematográfica e videofonográfica no Brasil.

Fonte: Omelete // Mariana Canhisares