Dublê pra quê? 6 cenas de ação mais insanas da carreira de Tom Cruise

Publicado em 28/05/22 05:00

Tom Cruise, além de ser reconhecido como um dos maiores astros do cinema em atividade, é um dos artistas que mais se entrega aos trabalhos que se propõe a fazer. Ele não só atua, como também produz a maioria dos projetos nos quais se envolve e repete uma prática incomum em seus longas de ação: o astro dispensa dublês, mesmo que ele precise encarar sequências extremamente perigosas.

Nesta lista, separamos 6 momentos inesquecíveis do ator nas telonas, e como ele ultrapassou seus limites em algumas das cenas mais arriscadas de sua carreira. Confira:

1. ELE QUASE PERDEU A CABEÇA? LITERALMENTE!

Tom Cruise em cena de "O Último Samurai" - Divulgação - Divulgação
Tom Cruise em cena de "O Último Samurai"
Imagem: Divulgação

Durante as filmagens de "O Último Samurai" (2003), era totalmente compreensível que dublês substituíssem o ator nas cenas de ação com espadas. Afinal, quem sem uma vasta experiência com artes marciais estaria disposto a correr tal risco?

Não, Tom Cruise jamais permitiria que um dublê fosse posto em seu lugar. O ator foi submetido a um treinamento intenso que o fez manusear as armas com total segurança. No entanto, um passo a mais quase botou tudo a perder?

Em uma das cenas em que contracenou com Hiroyuki Sanada, na qual a dupla duelava sobre cavalos mecânicos, Sanada acabou se posicionando alguns centímetros à frente da marca estabelecida nos ensaios. Por pouco, a lâmina utilizada pelo ator não atingiu em cheio o pescoço de Cruise, o que provavelmente teria encerrado a sua carreira ali mesmo, de forma trágica. Foi quase!

2. UMA PARCERIA SEM FREIO

Além de atuar e produzir seus longas de ação, Tom Cruise gosta de inovar e colocar-se à prova em cada novo trabalho.

Em "Encontro Explosivo" (2010), ele escolheu uma parceira à altura, disposta a encarar os desafios propostos por Cruise: Cameron Diaz, coestrela da produção, é uma exímia motorista e está acostumada a dirigir em alta velocidade.

No vídeo acima, podemos conferir diversos momentos nos quais os atores se arriscam, enquanto dirigem e se mantêm em pé sobre carros em movimento. É claro, existem alguns cortes estratégicos e truques de cinema, mas a maioria das manobras de fato aconteceu e foi realizada integralmente por Cruise e Cameron.

3. TUDO QUE SOBE?

Ethan Hunt, o agente secreto protagonista da saga "Missão: Impossível" é, sem dúvida, um dos papéis mais icônicos da carreira de Tom Cruise.

Uma franquia extensa, referenciada por uma série de outros filmes ao longo dos anos, está recheada de cenas que desafiam a gravidade e os limites de seres humanos "comuns".

Em "Missão: Impossível 5 - Nação Secreta" (2015), Ethan Hunt não só se agarrou a um avião em plena decolagem, como a passagem foi inteiramente encenada por Tom Cruise. Mesmo com o auxílio de profissionais, atentos a todo e qualquer sinal de perigo para o ator, pendurar-se numa aeronave em movimento é extremamente arriscado. A pressão, o vento e a velocidade poderiam ter causado sérios danos ao astro.

Contudo, a cena mostra que nada realmente abala Tom Cruise. Observe a expressão facial do astro? ele até parece sorrir, enquanto aproveita a brisa.

4. ?TEM QUE DESCER!

E quando pensamos no quão difícil deve ser agarrar-se a um avião em alta velocidade, o que pensamos sobre saltar de um deles, a metro e mais metros acima do solo?

Novamente, Tom Cruise ultrapassa os seus limites em uma queda livre real, registrada em um plano-sequência de tirar o fôlego, no longa "Missão: Impossível 6 - Efeito Fallout" (2018). Seu rosto, captado bravamente pelo cinegrafista que acompanha sua descida, reflete a serenidade de quem sabe que, no próximo longa da franquia, terá algo ainda mais impressionante para mostrar.

5. PULANDO NO PRECIPÍCIO

No vídeo acima, que mostra imagens dos bastidores de "Missão: Impossível - Acerto De Contas Parte 1", próximo lançamento da saga, vemos Tom Cruise pilotando uma moto na Noruega. Até aí, nada impressionante, levando em consideração todas as suas empreitadas anteriores.

Porém, o que ele faz logo em seguida parece inacreditável: acelerando o veículo sobre uma rampa, ele se atira em um precipício logo à frente, em uma das sequências mais eletrizantes da continuação. Uma parte da cena também está disponível no trailer do longa, lançado na última segunda-feira (23). Confira acima:

6. UM PROFESSOR E SEU LEGADO

Em "Top Gun: Maverick", aguardada sequência do clássico de 1986, vemos Tom Cruise de volta à pele de Pete Mitchell, o jovem piloto que conhecemos no longa anterior.

Agora, com décadas de experiência como aviador da Marinha, Maverick é escolhido para ensinar à nova geração tudo que ele sabe. Porém, como a vida imita a arte, uma dinâmica parecida aconteceu nos bastidores do longa: Cruise foi o grande responsável por um treinamento intenso, ao qual grande parte do elenco foi submetida.

No vídeo acima, além das cenas nas quais o ator pilota os jatos supersônicos e realiza manobras impressionantes, acompanhamos alguns momentos nos quais estrelas como Miles Teller, Monica Barbaro e Greg Tarzan Davis aprendem a pilotar e dirigir suas próprias cenas.

Mais do que ser capaz de surpreender a todos a cada lançamento, Cruise faz questão de transmitir seu legado de maestria e entrega profissional a quem trabalha ao seu lado. Uma verdadeira lenda do cinema mundial faz assim, não é?

Em Top Gun: Maverick, quando o piloto veterano precisa treinar um grupo de graduados para uma missão especializada, encontra o tenente Bradley Bradshaw, filho de seu falecido amigo, o oficial Nick "Goose" Bradshaw. Enfrentando um futuro incerto e confrontando os fantasmas do passado, Maverick é obrigado a encarar seus medos mais profundos, culminando em uma missão que exigirá sacrifícios daqueles escolhidos para voar.

Fonte: UOL Cinemas // Mariana Assumpção