Denis Villeneuve explica por que "nunca usaria" cena pós-créditos em Duna

Publicado em 23/10/21 01:00

O diretor Denis Villeneuve explicou à NME porque o seu Duna não tem uma cena pós-créditos, dizendo ainda que não pretende usar o recurso em seus filmes no futuro.

"Eu não gosto de cenas pós-créditos", confessou. "Há uma emoção muito específica que quis imprimir no último take de Duna, e não queria mexer nisso. Então não, não usei uma cena pós-créditos. Nunca fiz isso, e nunca faria".

O cineasta ainda descartou a possibilidade de uma "versão do diretor" de Duna, dizendo que o filme que chegou aos cinemas é a sua versão preferida do projeto.

"Isso [uma versão do diretor] não existe! O meu corte é o que as pessoas estão vendo nos cinemas neste momento. Não haverá nenhum outro. Sim, eu poderia ter feito um filme mais longo e mais contemplativo, mas decidi que não queria", declarou.

Na nova adaptação de Duna, Paul Atreides (Timothée Chalamet) é um aristocrata cuja família aceita controlar o planeta-deserto Arrakis, produtor de um recurso valioso e disputado por diversas famílias nobres. Ele é forçado a fugir para o deserto - com a ajuda de sua mãe - e se junta a tribos nômades, eventualmente liderando-as por conta de suas habilidades mentais avançadas.

O livro de Frank Herbert é conhecido como uma das obras mais complexas da história da ficção científica, e já rendeu uma adaptação para as telonas dirigida por David Lynch, em 1984. No Brasil, os livros da franquia Duna são publicados pela Editora Aleph.

Duna está em cartaz nos cinemas brasileiros e, de acordo com a janela de exibição, deve entrar 35 dias depois para o catálogo da HBO Max.

Omelete agora tem um canal no Telegram! Participe para receber e debater as principais notícias da cultura pop (t.me/omelete).

Fonte: Omelete // Caio Coletti