Bruno Garcia: "Tirar educação sexual das escolas é um desserviço à evolução"

Publicado em 13/04/19 05:00

Divulgando a comédia "De Pernas pro Ar 3", em que interpreta o designer João, Bruno Garcia fez um contundente discurso sobre momento político brasileiro ao ser questionado pelo UOL sobre a relevância de de um filme que fala abertamente sobre sexo em tempos de conservadorismo. Sem citar nomes de políticos, o ator criticou duramente as diretrizes do governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) em relação à educação sexual.

"A gente está vivendo um momento muito perigoso. As forças políticas que estão no poder no poder atualmente flertam com o oposto da civilização. Você querer retirar a educação sexual das escolas não é uma atitude política, não é uma atitude moral, é um desserviço à evolução", disse ele.

Segundo Garcia, sugestões como a que Bolsonaro deu recentemente a pais, ao pedir que rasguem páginas sobre o assunto em uma caderneta de vacinação, são inadmissíveis, principalmente em um país com sérios problemas relacionados a gravidez precoce e sua consequente evasão escolar de adolescentes. "É um desserviço. A desonestidade intelectual tem imperado no nosso país", concluiu.

Fonte: UOL Cinemas // Leonardo Rodrigues