Borat 2 foi o último filme de Sacha Baron Cohen disfarçado

Publicado em 23/01/21 23:00

Borat 2 foi o último filme do personagem, e também a última vez que Sacha Baron Cohen gravou algo sob disfarces. Em entrevista ao This Morning, o ator britânico comentou os vários riscos que passou durante as filmagens, como ser perseguido por conservadores armados.

“Foi o primeiro filme em que me recomendaram usar colete à prova de balas em algumas das cenas. Por exemplo, uma reunião de armamentistas em Washington”, disse Baron Cohen. “Parte do público armado invadiu o palco e derrubou os seguranças. Um deles conseguiu sacar a pistola. Tive muita sorte de ter um guarda-costas fantástico que pegou o sujeito pelo braço e cochichou ‘Não vale a pena, amigo’ em seus ouvidos.” A perseguição em questão não foi colocada na versão final do filme, mas o ator divulgou os bastidores nas redes sociais, que mostram ele fugindo para um veículo quando sua identidade é descoberta pelo público raivoso - assista aqui.

Não consigo fazer isso de novo. Fui sortudo de ter sobrevivido à Borat 2”, finalizou o ator. Veja a entrevista completa abaixo:

Além de Borat, Sacha Baron Cohen protagonizou muitas outras obras através do uso de disfarces, como Ali G, Bruno, O Ditador e a série de TV Who Is America?. Anteriormente, ele já havia falado contra fazer um terceiro filme com Borat: "Eu trouxe o Borat para fora por conta do Trump. Havia um propósito neste filme, e eu não vejo muito o propósito de fazer de novo. Então ele vai ficar trancado no armário"

Borat 2: Fita de Cinema Seguinte foi filmado em segredo e é uma sequência direta do longa de 2006. O longa está disponível no Amazon Prime Video.

Fonte: Omelete // Arthur Eloi