Atriz de 'Capitão América' que teria matado a mãe tem julgamento suspenso

Publicado em 12/10/21 18:00

A atriz norte-americana Mollie Fitzgerald, 38 anos, eve seu destino definido pela Corte dos Estados Unidos. Ela foi considerada psicologicamente inapta para julgamento e terá de ser encaminhada para internação em um hospital psiquiátrico.

Segundo informações dada pelo advogado da artista, Jason Billam, para o site TMZ, sua cliente teve o diagnóstico de incapacidade confirmado por três especialistas em saúde mental e acolhido pelo tribunal.

O estado psiquiátrico de Mollie será reavaliado dentro de 90 dias. Até lá, o julgamento da atriz segue suspenso. Ela se encontra detida sob fiança de US$ 500 mil e, ainda de acordo com Billam, será transferida a uma instituição estadual de cuidados mentais.

Mollie Fitzgerald foi detida em dezembro de 2020, sob acusação de ter assassinado a facadas a própria mãe, Patricia E. Fitzgerald, 68 anos, na cidade de Olathe, estado do Kansas. Mollie alegou legítima defesa, mas as provas não corroboram sua versão dos fatos.

A atriz ganhou certa notoriedade por ter tido uma pequena participação no filme "Capitão América: O Primeiro Vingador", de 2011. Sua personagem, nomeada nos créditos do longa com "Stark Girl", aparece em apenas uma cena, dançando ao lado de Howard Stark (Dominic Cooper).

Fonte: UOL Cinemas // UOL