As perguntas que "Game of Thrones" deixou sem resposta em seu final

Publicado em 23/05/19 05:00

"Game of Thrones" se despediu do público com um final controverso exibido no último domingo. E ainda que tenha respondido muitas coisas, a série também deixou alguns mistérios no ar.

Listamos, abaixo, as principais perguntas que os showrunners David Benioff e DB Weiss deixaram sem respostas.

O podcast Além da Muralha também está disponível no Spotify e no iTunes.

Quem era o Azor Ahai? (Aliás, isso importa?)

Ao longo de várias temporadas, "Game of Thrones" fez vários acenos à lenda do Azor Ahai, o Príncipe - ou Princesa - Prometido. Na lenda, o herói seria nascido entre sal e fumaça, uma descrição que poderia se aplicar tanto a Jon Snow quanto a Daenerys -- ambos apontados, por diferentes personagens, como candidatos ao posto.

A profecia falava que o Azor Ahai enfrentaria uma "escuridão", que muitos presumiram tratar-se da Longa Noite trazida pelos White Walkers. Mas, no fim das contas, quem matou o Rei da Noite foi Arya, que não se encaixava na descrição. Teria a série descartado totalmente a profecia? Fica no ar.

Qual a situação em Meeren (e no resto de Essos)?

Desde que Daenerys colocou os pés em Westeros, na sétima temporada, nunca mais ouvimos falar da situação em Essos. Ela deixou Meereen sob o comando de Daario Naharis e os Segundos Filhos, que em tese continuaram governando nesse meio tempo. Será que tudo continuou na mesma enquanto o caos rolava solto nos Sete Reinos?

E como fica a situação agora que a Mãe dos Dragões está morta? Daario teria interesse em continuar governando Meereen? Será que ele tentaria vingar a morte de sua amada? (Provavelmente não, mas não negamos que seria interessante ver ele indo atrás de Jon Snow).

Por que ainda existe uma Patrulha da Noite?

A ameaça dos White Walkers, aparentemente, fio extinta quando Arya matou o Rei da Noite em "The Long Night", o terceiro episódio da oitava temporada; e o relacionamento dos Selvagens com os nortenhos e os demais habitantes de Westeros parece estar melhor do que nunca. Qual é, então, o propósito da Patrulha da Noite?

No episódio final, Tyrion chega a dizer que o mundo sempre precisaria de um lugar para "os bastardos e os homens quebrados". Mas o que exatamente esses homens farão lá na Patrulha, só os deuses novos e antigos sabem.

Aliás, fica aqui outra dúvida relacionada: o que exatamente Jon foi fazer com Tormund e Fantasma além da muralha? Ele desertou? Foi virar uma espécie de embaixador da Patrulha entre os Selvagens? Jamais saberemos.

O que aconteceu com os bebês White Walkers?

A quarta temporada de "Game of Thrones" mostrou o Rei da Noite transformando um bebê, que ganhou olhos e coloração azulada assim que foi tocado por ele. Mas a série nunca mostrou o que diabos acontecia com esses bebês depois. Eles se tornaram White Walkers crescidos no espaço de alguns poucos anos? Eles também se desfizeram quando o Rei da Noite morreu?

Yara se esqueceu da independência das Ilhas de Ferro?

Quando fez o acordo para apoiar Daenerys, Yara conseguiu que ela lhe prometesse a independência das Ilhas de Ferro. Ela, no entanto, parece ter se esquecido completamente no último episódio de "Game of Thrones".

Logo após Bran ser apontado como rei, Sansa conseguiu convencê-lo a manter o Norte como um reino independente, do qual ela se tornou rainha. Era o momento perfeito para Yara ter cobrado a independência que Daenerys havia prometido, mas isso não aconteceu.

Quando o Banco de Ferro vai cobrar a dívida de Cersei?

Cersei contraiu uma bela dívida no Banco de Ferro, em Bravos, para pagar os soldados mercenários da Companhia Dourada - os mesmos que não duraram nem um minuto contra Drogon na Batalha de Porto Real. E os banqueiros não têm nenhum pudor em cobrar novos monarcas pelas decisões dos anteriores. Apostamos que vai sobrar para Bronn, o Mestre da Moeda de Bran e o novo lorde mais rico dos Sete - ops, Seis - Reinos.

Como termina a história de Tyrion com o burro e o favo de mel?

Tyrion tentou nada menos do que três vezes contar sobre a vez em que levou um burro e um favo de mel a um bordel, mas sempre era interrompido. Na primeira vez, na primeira temporada, ele começou a contar a história enquanto era julgado no Ninho de Águia, mas foi cortado por Lysa Arryn. Depois, na sexta temporada, ele ia revelar o causo a Missandei e Verme Cinzento quando os mestres de Meereen atacaram a cidade. A terceira e última tentativa veio no episódio final da série, durante uma reunião do pequeno conselho de Bran. Os colegas de Tyrion devem ter descoberto o fim da história, mas o público vai seguir no mistério.

Fonte: UOL Cinemas // Beatriz Amendola