Apenas 3% das animações dos últimos 12 anos tiveram cineastas mulheres, aponta estudo

Publicado em 10/06/19 22:00

Um estudo realizado pela USC Annenberg Inclusion Initiative apontou que, nos últimos 12 anos, apenas 3% das animações vistas no cinema foram dirigidas por mulheres. Nesta lista há ainda apenas uma cineasta que não seja branca: Jennifer Yuh Nelson, responsável por "Kung Fu Panda 2".

Segundo a pesquisa, os dados batem com a falta de diversidade de gênero existente em Hollywood. Dos 120 filmes de animação com maior arrecadação nas bilheterias durante o período, apenas 17% tinham uma feminina protagonista ou coadjuvante -- sendo três personagens não caucasianas.

A televisão é o setor com melhor representação das diretoras, mesmo que o número seja acanhado: 13%. No total, os desenhos da telinha apresentam 39% de mulheres protagonistas, com 12% não brancas.

Já nos bastidores, os filmes animados são mais diversificados em relação aos live-action. As mulheres executivas são responsáveis por 37% dos filmes do gênero, em comparação a 15% dos projetos com atores e atrizes de carne em osso.

A televisão de animação viu estatísticas semelhantes, com as mulheres representando 34% de produtores e 20% de produtores executivos.

Fonte: UOL Cinemas // Rodolfo Vicentini