Scarlett Johansson

Scarlett Ingrid Johansson (Nova Iorque, 22 de novembro de 1984) é uma atriz e cantora norte-americana. Foi uma das atrizes mais bem pagas de 2014 a 2016, com múltiplas aparições na revista Forbes Celebrity 100 e tem uma estrela na Calçada da Fama. Nascida e criada em Manhattan, Nova Iorque, ela desejava ser atriz desde criança e apareceu pela primeira vez em um palco de um teatro em uma peça Off-Broadway. Johansson fez o seu filme de estreia na comédia North (1994) e foi indicada ao Independent Spirit Awards por Manny & Lo (1996). Ela ganhou muito reconhecimento pelos seus trabalhos em O Encantador de Cavalos (1998) e Ghost World (2001).

Johansson também atuou em Lost in Translation (atuação pelo qual ela ganhou o BAFTA de melhor atriz) e em Girl with a Pearl Earring (ambos de 2003). Ela foi nomeada quatro vezes ao Globo de Ouro, tanto por esses filmes como pelo drama A Love Song for Bobby Long (2004) e pela sua participação em Match Point (2005). Outros filmes que ela fez durante este período foram o filme de mistério The Prestige (2006) e a comédia dramática Vicky Cristina Barcelona (2008). Também lançou dois álbuns de estúdio: Anywhere I Lay My Head (2008) e Break Up (2009), ambos aparecendo na Billboard 200.

Em 2010, Johansson estreou na Broadway na reestreia de A View from the Bridge, atuação que lhe rendeu o Prêmio Tony de melhor atriz. Mais tarde, ela começou a interpretar a personagem Viúva Negra no Universo Cinematográfico Marvel. Ela também interpretou com a sua voz um sistema operacional de computador no filme Her (2013), atuou como uma alien no filme de ficção científica Under the Skin (2013) e uma mulher com habilidades psicocinéticas no filme Lucy (2014). Ela foi a atriz de maior bilheteria de 2018 e 2019, e também é, desde maio de 2017, uma das atrizes de maior bilheteria de todos os tempos na América do Norte. Em 2019, recebeu elogios por interpretar uma mãe solteira durante o período da Alemanha Nazista em Jojo Rabbit e uma atriz passando pelo divórcio em Marriage Story; pelos dois últimos filmes, recebeu duplas nomeações ao Oscar, BAFTA, Critics' Choice e aos Prêmios Screen Actors Guild de Melhor Atriz Coadjuvante e Melhor Atriz, respectivamente, além de ter recebido uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Atriz em Filme Dramático por Marriage Story.

Como figura pública, Johansson é considerada um símbolo sexual de Hollywood. Em março de 2006, foi eleita pela revista masculina Esquire como a "mulher mais sensual do mundo", voltando a ser novamente escolhida em 2013, tornando-se, assim, a única mulher a ser eleita duas vezes. Ela também casou-se três vezes, uma vez com o ator canadense Ryan Reynolds, de 2008 a 2011; outra, com o empresário Romain Dauriac (com que ela teve uma filha), de 2014 a 2017; e Colin Jost, com quem está casada desde 2020.