Rogério Fróes

Rogério de Souza Fróes, mais conhecido como Rogério Fróes (Santos Dumont, 21 de setembro de 1934) é um ator, diretor e produtor brasileiro.

Adolescente, mudou-se para o Rio de Janeiro e frequentou a Escola de Arte Dramática do Teatro Duse, de Paschoal Carlos Magno. É pai das atrizes Gisele Fróes e Luciana Fróes. Matricula-se na Escola de Arte Dramática do Teatro Duse, de Paschoal Carlos Magno.- Passa a atuar sem parar, em peças como "As Feiticeiras de Salem" , de Arthur MiIler; "Agonia do Rei", de Ionesco; "Em Família", de Oduvaldo Vianna Filho; e "Constantina", de Somerset Maugham.- Como diretor teatral mostra competência nas peças "Estes Jovens Sonhadores e Seus Caminhos Maravilhosos", "A Onça e o Bode" e "O Mágico de Oz".- Na televisão, sempre pela TV Globo, faz as novelas "Passos do Vento" (68), "Rosa Rebelde" (69), "Assim na Terra como no Céu" (70), "Bandeira" 2 (71), "Selva de Pedra" (72), "O Espigão" (74), "Cuca Legal" (75), "O Bem Amado" (77), entre outras.- Ao longo de sua carreira ganha inúmeros prêmios, tanto como ator ou diretor. em Fortaleza-CE existe uma praça e uma escola que recebeu seu nome, são ele respectivamente a Praça Arquiteto Rogério de Sousa Fróes, localizada no dionísio torres, 350 fortaleza e a E E F M Arquitero Rogério Fróes, localizada: Av. das Graviolas, 1000 - Cidade 2000, Fortaleza - CE, 63475-149.