Rihanna

Robyn Rihanna Fenty (Saint Michael, 20 de fevereiro de 1988), mais conhecida como Rihanna, é uma cantora, compositora, atriz e empresária barbadense. Sua carreira artística começou profissionalmente em 2003, quando ela realizou um teste para o produtor musical Evan Rogers, onde foi aprovada. Mais tarde, ela assinaria um contrato de seis álbuns com a gravadora Def Jam. Além de sua carreira musical, Rihanna também é conhecida por seu envolvimento em causas humanitárias, empreendimentos empresariais e na indústria da moda.

Rihanna ganhou destaque na indústria musical após o lançamento de seu primeiro álbum de estúdio, Music of the Sun em 2005, seguido pelo segundo álbum A Girl like Me (2006); ambos foram influenciados por ritmos caribenhos e alcançaram as dez primeiras posições na parada de álbuns dos Estados Unidos. Ela ganhou maior reconhecimento comercial após o lançamento de seu terceiro álbum de estúdio, Good Girl Gone Bad (2007), que incorporou elementos do dance-pop e a catapultou para um estrelato maior, estabelecendo-a como um ícone pop e uma figura de destaque na indústria do entretenimento musical. Rihanna introduziu elementos de música pop, dance, e R&B em seus quatro álbuns subsequentes, Rated R (2009), Loud (2010), Talk That Talk (2011). Todos incorporaram experimentações de vários estilos musicais e consolidaram o sucesso de Rihanna nas paradas internacionais, sendo Unapologetic (2012) seu primeiro álbum número um nos EUA. Seu oitavo disco, Anti (2016), mostrou um controle maior sobre a criatividade artística de sua obra após sua saída da Def Jam. Tornou-se seu segundo álbum número um nos EUA. Além de seus trabalhos solos, Rihanna colaborou com vários artistas de gravação, como Drake, Eminem, Britney Spears e Calvin Harris.

Rihanna se tornou a artista mais vendida digitalmente da história, estabelecendo um recorde no livro de recordes mundiais Guinness. Muitas canções gravadas por ela estão entre as músicas mais vendidas mundialmente, muitas das quais também alcançaram as primeiras posições nas principais paradas internacionais como "SOS", "Umbrella", "Don't Stop the Music", "Disturbia", "Take a Bow", "Rude Boy", "Only Girl (In the World)", "What's My Name?", "We Found Love", "Diamonds", "Love the Way You Lie" e "Work". Seu trabalho musical foi agraciado com várias condecorações, incluindo nove Grammys, treze Prêmios da Música Americana, doze Prêmios da Billboard e seis recordes mundiais do Guinness.

Rihanna já comercializou mais de 275 milhões de obras musicais em todo o mundo, se tornando um dos dez artistas musicais mais vendidos de todos os tempos. Ela também conseguiu colocar quatorze singles número um na principal parada americana de singles, tornando-a o terceira artista com mais músicas nessa posição. O serviço de streaming musical Spotify a honrou com o título de artista feminina mais tocada de todos os tempos da plataforma. A revista Billboard a nomeou a "artista digital" dos anos 2000, "artista Hot 100" dos anos 2010 e artista "mais importante dos últimos 20 anos". A cantora foi classificada pela revista Forbes uma das dez celebridades mais bem pagas em 2012 e 2014; a partir de 2019, ela tornou-se a artista musical feminina mais rica do mundo, com um patrimônio líquido estimado em 600 milhões dólares. Residindo em Londres, ela é o terceiro músico mais rico do Reino Unido a partir de 2020, de acordo com o jornal Sunday Times, com um patrimônio líquido de 468 milhões de libras. A revista Time a nomeou como uma das 100 personalidades mais influentes do mundo em 2012 e 2018. Em 2018, o governo de Barbados nomeou-a embaixadora com funções de promoção da educação, turismo e investimentos.