Olavo de Carvalho

Olavo Luiz Pimentel de Carvalho GCRB (Campinas, 29 de abril de 1947 – Richmond, 24 de janeiro de 2022) foi um ensaísta, polemista, influenciador digital e ideólogo brasileiro, que também atuou como jornalista e astrólogo. Filósofo autoproclamado, era considerado um representante do conservadorismo no Brasil, com expressiva influência na extrema-direita brasileira.Carvalho alegava ter sido militante filiado ao Partido Comunista Brasileiro em sua juventude, de 1966 a 1968, e opositor da ditadura militar brasileira, tornando-se anticomunista posteriormente. É apontado como o responsável pelo surgimento da Nova Direita brasileira e foi considerado guru do presidente da República Jair Bolsonaro e da ideologia bolsonarista, qualificação que rejeitava.Como astrólogo, colaborou no primeiro curso de extensão universitária em astrologia da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), em 1979, oferecido a formandos em psicologia. Como escritor, lançou sua primeira publicação em 1980, A Imagem do Homem na Astrologia. Em 2013, lançou O Mínimo que Você Precisa Saber para não Ser um Idiota, coleção de textos curtos publicados na imprensa. Outros de seus livros mais conhecidos são O Jardim das Aflições (1995) e O Imbecil Coletivo (1996).

Seu discurso era caracterizado pela recusa do que chamava de "politicamente correto" e pela presença de ataques ad hominem e termos chulos. Diversas publicações indicaram que os livros e artigos de Carvalho divulgavam teorias conspiratórias e informações incorretas, e apontaram que o polemista fomentava discursos de ódio e anti-intelectualistas. Crítico da modernidade, demonstrava interesse por filosofia histórica, história dos movimentos revolucionários, tradicionalismo e religião comparada. Apesar de relativo sucesso de vendas, seu trabalho não teve impacto no meio acadêmico e seus escritos no campo da filosofia são rejeitados por vários especialistas. De 2005 a 2022, quando morreu, aos setenta e quatro anos, viveu em Richmond, Virgínia, Estados Unidos.