Kim Ki-duk

Kim Ki-duk (Hangul: 김기덕|; Hanja: 金基德|) (Bonghwa, 20 de dezembro de 1960 – Letônia, 11 de dezembro de 2020) foi um cineasta sul-coreano. É um dos mais conhecidos representantes da vanguarda cinematográfica desse país. Provem de uma família de classe operária e não recebeu formação técnica como cineasta, começando sua carreira a uma idade relativamente tardia de 33 anos como roteirista e diretor.

Autor de uma dezena de obras às vezes altamente experimentais, é sensível o ritmo pausado de seu cinema, o forte conteúdo visual muitas vezes sangrento, o parcimonioso uso do diálogo e a ênfase em elementos criminais ou marginais da sociedade. Este último reflete a posição de Kim dentro da sociedade sul-coreana em general, e o âmbito fílmico em particular.

Foi agraciado com um Urso de Prata de Melhor Diretor no Festival Internacional de Cinema de Berlim em 2004 por Samaria e um Leão de Prata em Veneza por Bin-jip no mesmo ano.Morreu em 11 de dezembro de 2020 de COVID-19 na Letônia.