Julie Walters

Dama Julie Mary Walters, CBE (Smethwick, West Midlands, 22 de Fevereiro de 1950) é uma atriz britânica. Ao longo de sua carreira ela recebeu diversos prêmios, incluindo seis BAFTAs, dois Emmys Internacionais e um Globo de Ouro, além de duas indicações ao Oscar.

Como atriz ganhou destaque por interpretar o personagem-título em O Despertar de Rita (1983), papel que ela protagonizou em West End. Suas outras aparições no cinema, incluem Serviços Íntimos (1987), O Despertar do Sucesso (1991), Entre Elas... (1994), Billy Elliot (2000), Garotas do Calendário (2003), A Conquista da Liberdade (2005), Lições de condução (2006), Amor e Inocência (2007), Mamma Mia! (2008) e sua sequencia de 2018, Valente (2012), As Aventuras de Paddington (2014), Brooklyn (2015), As Estrelas Não Morrem em Liverpool (2017) e O Retorno de Mary Poppins (2018). Walters também interpretou Molly Weasley na série de filmes Harry Potter (2001–2011). No teatro, ela ganhou o prêmio Laurence Olivier de melhor atriz pela produção de All My Sons de 2001.

Na TV, Walters trabalhou em parceria com Victoria Wood; elas apareceram juntas em vários programas de televisão, incluindo Wood e Walters (1981), Victoria Wood As Seen on TV (1985–1987), Pat e Margaret (1994) e Dinnerladies (1998–2000). Ela ganhou o BAFTA TV Award de melhor atriz quatro vezes, mais do que qualquer outra atriz, por My Beautiful Son (2001), Murder (2002), The Canterbury Tales (2003) e Mo (2010). Walters e Helen Mirren são as únicas atrizes que conquistaram o prêmio três vezes consecutivas. Ela está empatada com Judi Dench no maior número de indicações na categoria, com sete cada uma. Por seu papel em Escolha de vida (2009), ela ganhou um Emmy Internacional de melhor atriz. Walters foi nomeada Dama Comandante da Ordem do Império Britânico (DBE) em 2017 por seus serviços prestados ao teatro.