Jessica Lange

Jessica Phyllis Lange (Cloquet, 20 de abril de 1949) é uma atriz estadunidense. Ela se tornou a 13ª atriz a alcançar a Tríplice Coroa de Atuação, tendo ganhado dois Oscars, três prêmios Emmy e um Tony, junto com um SAG Award e cinco prêmios Globo de Ouro.

Lange fez sua estreia no cinema em King Kong (1976) dirigido por John Guillermin, pelo o qual ela também ganhou seu primeiro Globo de Ouro de melhor atriz revelação. Em 1979, estrelou o filme musical All That Jazz - O Show Deve Continuar. Em 1983, ela ganhou seu segundo Globo de Ouro e o Oscar de melhor atriz coadjuvante por seu papel em Tootsie (1982) e também foi indicada ao Oscar de melhor atriz por sua interpretação de Frances Farmer em Frances (1982). Lange recebeu mais três indicações ao prêmio por Minha terra, minha vida (1984), Um Sonho, Uma Lenda (1985) e Muito Mais que um Crime (1989), antes de ganhar seu terceiro Globo de Ouro e o Oscar de melhor atriz por sua atuação em Céu Azul (1994).

Em 2010, Lange ganhou seu primeiro prêmio Emmy pelo telefilme Grey Gardens - Do Luxo à Decadência da HBO (2009). Entre 2011 e 2014, ela ganhou o SAG Award, o Critics' Choice Award, seu quinto Globo de Ouro, três Dorian Awards e seu segundo e terceiro Emmy Awards por suas atuações na primeira, segunda e terceira temporadas da série de antologia American Horror Story (2011–2015, 2018). Em 2016, Lange ganhou seu primeiro prêmio Tony de melhor atriz principal pela remontagem da Broadway de Long Day's Journey into Night. Em 2017, por sua interpretação da atriz Joan Crawford na minissérie Feud: Bette and Joan, Lange recebeu sua oitava indicação ao Emmy, 16º ao Globo de Ouro, sua sexta indicação ao Screen Actors Guild Award e uma segunda indicação ao TCA Award. Em 2019, ela foi indicada pela décima vez ao Emmy Award por sua atuação em American Horror Story: Apocalypse.