Jackson Antunes

Joaquim Antunes (Janaúba, 28 de agosto de 1960), mais conhecido como Jackson Antunes, é um ator, cantor e compositor brasileiro. Conhecido por seus diversos trabalhos na música, teatro, cinema e, principalmente, na televisão, ele é ganhador de vários prêmios, incluindo um Prêmio APCA, um Prêmio Guarani, e um Troféu Imprensa, além de ter recebido indicação para um Prêmio Qualidade Brasil. No início de sua carreira, chegou a ficar conhecido como "Charles Bronson Brasileiro", devido a sua semelhança com o ator norte-americano.Jackson iniciou sua carreira artística na década de 1980 como cantor, mas foi como ator que ele ganhou maior reconhecimento. Na televisão, ele estreou em 1993 na novela Renascer, da TV Globo, ganhando muitos elogios da crítica e do público por sua interpretação. Por esse trabalho, ele se saiu vencedor dos dois maiores prêmios da televisão brasileira, o Prêmio APCA e o Troféu Imprensa. Desde então, ele passou a ser requisitado para vários papéis na televisão, sobretudo em tramas rurais e históricas, como Diogo Falcão em Irmãos Coragem (1995), Regino em O Rei do Gado (1996), Freddy em Anjo Mau (1997), Antenor em Terra Nostra (1999) e Zangão em Esperança (2002).Na música, Jackson já gravou alguns álbuns com músicas sertanejas, sendo Jackson Antunes Canta Téo Azevedo o primeiro de sua discografia, lançado em 1997. Em 2008, ele foi aclamado pela crítica por sua atuação como o agressor Léo na novela A Favorita, da TV Globo, recebendo indicações de melhor ator coadjuvante no Prêmio Arte Qualidade Brasil, no Prêmio Contigo! de TV e no Melhores do Ano. Nos cinemas, também ganhou reconhecimento por sua versatilidade de interpretação. No drama A Festa da Menina Morta (2009), ele recebeu aclamação da crítica, vencendo o Prêmio Guarani de melhor ator coadjuvante. No romance Coração de Cowboy (2018), voltou a receber elogios e ganhou os prêmios de melhor ator coadjuvante no Los Angeles Brazilian Film Festival e no Festival de Cinema da Lapa.