Giovanna Antonelli

Giovanna Antonelli (Rio de Janeiro, 18 de março de 1976), é uma atriz e empresária brasileira.Tornou-se conhecida em 1991 como Angelicat, assistente de palco da apresentadora Angélica, no programa Clube da Criança da extinta Rede Manchete. Em 1994, estreou como atriz em Tropicaliente, emendando outros papéis consistentes em Tocaia Grande, Xica da Silva, Corpo Dourado, Força de um Desejo e Malhação. Em 2000 ganhou destaque em Laços de Família como Capitu, que se prostituía para sustentar o filho, ganhando alguns dos principais prêmios nacionais, como Prêmio Extra de Televisão, Prêmio Qualidade Brasil, Melhores do Ano e Troféu Imprensa.

Em 2001, interpretou sua primeira protagonista em O Clone, a muçulmana Jade, que vivia um amor impossível com um brasileiro, expondo então os conflitos culturais e religiosos que permeiam as relações humanas. Com este papel ganhou diversos prêmios, passando a ter grande reconhecimento da imprensa internacional. Alçada ao primeiro escalão de atores da Rede Globo, emendou uma sequência de papéis centrais de sucesso em A Casa das Sete Mulheres, Da Cor do Pecado, Sete Pecados, Três Irmãs, Viver a Vida, Aquele Beijo, Salve Jorge e Em Família, além de destacar-se no cinema em Avassaladoras e na franquia S.O.S. Mulheres ao Mar. Em 2015, voltou a protagonizar uma "novela das nove" como Atena, em A Regra do Jogo, além de emendar outras personagens principais em Sol Nascente, Segundo Sol e Quanto Mais Vida, Melhor!.