Daniela Arbex

Daniela Arbex (Juiz de Fora, 19 de abril de 1973) é uma jornalista brasileira dedicada à defesa dos direitos humanos. Formada em Comunicação Social pela Universidade Federal de Juiz de Fora em 1995, iniciou a carreira no jornal Tribuna de Minas, do qual foi repórter especial por mais de duas décadas. Mesmo trabalhando distante dos grandes centros, conseguiu reconhecimento para o seu trabalho de repórter investigativa. É autora do best-seller "Holocausto Brasileiro", eleito Melhor Livro-Reportagem do Ano pela Associação Paulista de Críticos de Arte (2013) e segundo melhor Livro-Reportagem no Prêmio Jabuti (2014). Com mais de 300 mil exemplares vendidos no Brasil e em Portugal, a obra ganhou as telas da TV, em 2016, no documentário produzido com exclusividade para a HBO, com exibição em mais de 40 países. Cova 312, outro livro da autora foi vencedor do prêmio Jabuti ao abordar a ditadura de uma forma que a história oficial nunca fez. Em 2018, lançou Todo dia a mesma noite, que narra a história não contada da Boate Kiss. A publicação está na segunda edição. Em 2020, Daniela publica sua primeira biografia: Os dois mundos de Isabel, que narra a história de coragem de uma menina que nasceu no sertão mineiro, em 1924, e aos 9 anos via e ouvia coisas que ninguém compreendia. Uma das jornalistas mais premiadas de sua geração, Daniela tem mais de 20 prêmios nacionais e internacionais no currículo, entre eles três Prêmios Esso, o americano Knight International Journalism Award (2010) e do Prêmio IPYS de Melhor Investigação Jornalística da América Latina (2009).