Angelina Jolie

Angelina Jolie (nascida Angelina Jolie Voight, Los Angeles, 4 de junho de 1975) é uma atriz, cineasta e ativista humanitária americana. Fez sua estreia no cinema ao lado de seu pai, Jon Voight, em Lookin 'to Get Out (1982); porém, sua carreira começou a sério uma década mais tarde, com sua atuação no filme de baixo orçamento Cyborg 2 (1993), seguido de seu primeiro papel principal em uma grande produção em Hackers (1995). Posteriormente, foi escalada para estrelar os telefilmes biográficos George Wallace (1997), pelo qual ganhou seu primeiro Prêmio Globo de Ouro de Melhor Atriz Coadjuvante em Televisão e recebeu uma indicação ao Prêmio Emmy do Primetime para Melhor Atriz Coadjuvante em minissérie ou telefilme, e Gia (1998), pelo qual venceu o novamente o Globo de Ouro, só que, desta vez, na categoria de Melhor Atriz em Minissérie ou Filme para Televisão, e o Prêmio Screen Actors Guild para Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme, assim como obteve outra nomeação ao Emmy de Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme. Em 1999, recebeu aclamação por parte dos críticos especializados por sua interpretação como Lisa Rowe no filme Girl, Interrupted, por meio do qual ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante, o Prêmio Critics Choice, o Globo de Ouro e Screen Actors Guild na mesma categoria.

Jolie ganhou fama internacional em 2001 por ter interpretado a heroína dos jogos eletrônicos Lara Croft em Lara Croft: Tomb Raider, estabelecendo-se, assim, entre as principais atrizes de Hollywood. Continuou a sua carreira como "estrela de ação" em Mr. & Mrs. Smith (2005), Wanted (2008), Salt e The Tourist (ambos de 2010). A atriz recebeu elogios da crítica por suas atuações nos dramas A Mighty Heart (2007), pelo qual foi indicada aos prêmios Globo de Ouro, Critics' Choice Movie, Independent Spirit, London Film Critics' Circle, Satellite e Screen Actors Guild de Melhor Atriz, e Changeling (2008), que lhe rendeu sua segunda indicação ao Oscar, além de nomeações aos prêmios BAFTA, Critics' Choice Movie, Empire, Globo de Ouro e Screen Actors Guild na categoria de Melhor Atriz, e venceu os prêmios Satellite e o Saturno na mesma categoria. Seu maior sucesso comercial veio com o filme de fantasia Maleficent (2014). A partir da década de 2010, ela expandiu sua carreira para direção, roteiro e produção, dirigindo os dramas de guerra In the Land of Blood and Honey (2011) e Unbroken (2014). Até novembro de 2017, ela era a décima quinta atriz de maior bilheteria de todos os tempos na América do Norte, e uma das cem primeiras pessoas em geral, com seus filmes fazendo mais de 2,1 bilhões de dólares.Além de seu trabalho no cinema, Jolie é conhecida por seus esforços humanitários, pelos quais recebeu um Prêmio Humanitário Jean Hersholt e o título honorário de dama da Ordem de São Miguel e São Jorge (DCMG), entre outras distinções. Ela promove várias causas, incluindo a conservação ambiental, educação e direitos das mulheres, e é mais conhecida por sua defesa em favor dos refugiados, tendo sido nomeada Enviada Especial para o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR).Como uma figura pública, Jolie é citada como uma das pessoas mais influentes e poderosas na indústria de entretenimento americana, bem como a mulher mais bonita do mundo, por vários meios de comunicação, os quais a consideram um símbolo sexual. Em 2006, a revista People nomeou-a a Pessoa Mais Bonita do Mundo, ao passo que a Empire e a Esquire designaram-na a Estrela de Cinema Mais Sensual de Sempre. Foi nomeada a celebridade mais poderosa do mundo pela Forbes em 2009, bem como a atriz mais poderosa de 2006 a 2008 e de 2011 a 2013. Nos anos de 2009, 2011 e 2013, foi a atriz mais bem paga de Hollywood. Sua vida pessoal é objeto de constante atenção da mídia. Ela divorciou-se dos atores Jonny Lee Miller, Billy Bob Thornton e Brad Pitt, com quem teve seis filhos, três dos quais foram adotados.